Black Friday movimentará R$ 970 milhões, estimam empresas

Publicado em 30.10.2015 no veículo IG.

blackfriday

 

A Black Friday – que neste ano ocorre no dia 27 de novembro – deve movimentar cerca de R$ 978 milhões. Os dados são do grupo Busca Descontos, que trouxe o evento para o País, em parceria com a empresa especializada em serviços antifraude ClearSale. Mais de 20 organizações estão confirmadas para o evento, entre elas Saraiva, Marisa, CVC, Azul e Mercado Livre.

O resultado, se confirmado, superará em 12% o faturamento registrado em 2014 (R$ 871). Em uma pesquisa realizada pelo Busca Descontos em 2014 com 6.943 consumidores, identificou que 74% afirmaram que compraram na Black Friday e 76% afirmaram que gostaram de terem comprado.

“É uma data fundamental para o varejo. As receitas que vem são muito importantes, em muitas operações são maiores que o Natal. Ela trouxe um grande valor porque muitos produtos são mais acessíveis”, afirma Juliano Motta, diretor geral do Busca Descontos.

Uma pesquisa encomendada pela Netfarma realizada pelo Google revelou que 25,3% dos internautas pretendem comprar na Black Friday.O levantamento também mostra que 59% dos consumidores, afirmam que ofertas atraentes e preços baixos são um dos fatores mais importantes para realizar a compra durante a data.

Especialistas também especulam sobre o efeito da Black Friday no Natal. “O Natal continua sendo uma data extremamente relevante, mas a Black Friday vem se destacando muito mais.”, explica Omar Jarouche, gerente de intelgência e estatística da Clear Sale. No entanto, ele complementa que as datas comemorativas deste ano venderam mais do que em 2014, mas em uma taxa menor, ou seja, houve um crescimento menor do que o registrado em 2013 e 2014, e esse efeito é esperado para a Black Friday também. “Certamente tem um efeito econômico, a gente só não consegue saber o quanto ele é responsável”, diz

Jarouch também diz que existe uma tese de que há uma antecipação das compras do Natal, algo que é defenido por Pedro Chiamurela, também da Clear Sale. “Como a Black Friday deslocou o Natal para antes, até o mundo fisíco [lojas fora do online]. Ela virou um Natal”, esclarece Chiamurela.

Como as empresas se preparam para a data do Black Friday?

“Black Friday é que nem enredo de escola de samba; acabou um, já pensamos no próximo”, brinca Edilaine Godoi, diretora da Netfarma. A empresa reliza um “Esquenta Black Friday, do dia 21 ao dia 26 de novembro, com o intuito de estimular os consumidores a participar do evento.

Quem adota uma estratégia similar, é a Netshoes, que realiza o chamado Black November, para atrair consumidores para a Black Friday. “Um mês de novembro equivale a o que um trimestre rende para a gente”, relata Bruno Couto, head de marketing e comunicação do grupo Netshoes. Ele conta que o processo de preparação para uma Black Friday também se inicia no momento em que uma Black Friday acaba.