Como a Copa pode motivar o ambiente de trabalho?

Publicado em 13.06.2014 no veículo Portal Catho.

Motivação na copaO mundial se aproxima e em tempos de jogos as empresas buscam alternativas que motivem seus colaboradores, já que a Copa é no Brasil, nada melhor que permitir que os brasileiros desfrutem da energia do futebol junto de amigos, familiares e equipe de trabalho.

São diversas ações que tem por intuito integrar os colegas de trabalho e injetar uma motivação a mais neste mês de festa. De acordo com Marisol Camarinha, consultora do Great Group e especializada em consultoria e Gestão Empresarial, o Brasil é o país do futebol, não por acaso, mas por competência e dedicação é pentacampeão do mundo nesta modalidade.

“Desde o meio do semestre do ano passado, a maioria das empresas vem se preparando para liberar os empregados nos dias em que o time brasileiro vai jogar. Nada mais justo, aliás, porque em tais dias, a euforia toma conta de todos e o entusiasmo de alguns torcedores acaba por exceder os limites do razoável, causando tumultos, o trânsito fica mais difícil, entre outros”, explica a especialista.

A decisão de dispensar os funcionários em todos os dias de jogos na cidade anfitriã ou de montar espaços adequados para que os empregados assistam aos jogos na empresa, é sempre da Diretoria, a partir das considerações e argumentos fundamentados de um RH Estratégico. “É fundamental alinhar os objetivos da empresa e não comprometer o bem-estar, a integração e a motivação dos empregados, garantindo a produtividade”, enfatiza a especialista.
Para Marisol as empresas devem compreender que ações simples são fundamentais para os resultados da empresa, “as companhias devem entender que empregado reconhecido, valorizado e feliz produz três vezes mais”, enfatiza.

Quais ações as empresas estão realizando?

Cada empresa busca suas próprias ferramentas para entender seu público interno da melhor maneira, são diversas atividades para este mundial. Segundo Eric Beraldo, responsável pelo marketing da Axyon, a empresa criou um bolão entre os colaboradores para distrair e incentivar os colaboradores durante os jogos do mundial, além de liberarem os profissionais antes dos jogos.

“Vai ser um bolão eletrônico, a mecânica é bem simples, os dois funcionários com maior pontuação serão os ganhadores. O primeiro lugar vai ganhar uma camisa oficial do time que torcer e o segundo lugar ganhará um fone de ouvido de uma marca renomada. As pessoas ganharão os pontos se acertarem o placar exato da partida ou o resultado do jogo”, explica Eric.

Já no Grupo Binário a decisão foi pela liberação dos colaboradores no dia da estreia. “A empresa pensou na satisfação das pessoas que compõem o time e na comodidade para que todos possam se programar para assistir aos jogos com seus familiares ou amigos. A partir de uma sondagem, percebemos que era o desejo da maioria. Resolvemos trabalhar com um expediente diferenciado nos dias de jogos do Brasil, com liberação de todas as equipes ao meio-dia”, explica Luciana Brandão, gerente de Recursos Humanos do Grupo Binário.

O clima do mundial gera boas oportunidades para incentivar nas empresas o trabalho em equipe, o espírito colaborativo, a liderança, o comprometimento e a superação de obstáculos, além de reforçar a importância de competências como planejamento, organização e foco nos resultados. “Todos estes conceitos e valores são de grande importância para as empresas que podem, com este gancho da Copa, reforçar não só ações promovidas pelos RHs, mas também pelas lideranças, no cotidiano do trabalho com as equipes, a fim de gerar motivação e engajamento”, enfatiza Luciana.

Outra ação interessante é a da Deal Group, empresa de tecnologia da informação, que irá entregar camisetas com o número 10 para todos os funcionários. De acordo com Vilma Guilherme, diretora de RH da empresa, a decisão foi tomada junto com a diretoria como uma ação direcionada à comemoração dos 10 anos da empresa que coincide com a festa da Copa. “Unindo as duas comemorações através de um símbolo importante para o brasileiro, queremos nos aproximar dos colaboradores e passar a mensagem do aniversário da empresa”, explica a diretora.

Na empresa Precifica o diferencial está na ação, segundo Flávia Pini, Diretora de Marketing da empresa, durante os jogos do Brasil, a equipe terá a opção de escolher se permanecerá ou não no escritório. “Disponibilizaremos pipoca, aperitivos, refrigerante e até cerveja no escritório. Além disso, no dia 27/06, último jogo do Brasil da 1ª rodada, todos os funcionários foram convidados para um Happy Hour na casa do CEO a fim de aproximar ainda mais a equipe. O departamento de RH foi o grande incentivador, mas as ações estão sendo desenvolvidas pelo departamento de Marketing”, explica Flávia.
Já a Acesso Digital vai aproveitar o mês típico de junho para juntar duas festas, no dia 17 de junho eles separaram o dia para a torcida da Copa (com TV, decoração, comes e bebes) com festa junina e bolo aos aniversariantes do mês.

Dicas para organizar uma ação na Copa com sucesso

Abaixo separamos algumas dicas do Great Group, para que as empresas possam aproveitar a Copa para gerar integração às equipes, sem perder a produtividade:
Onde assistir: Prepare um ambiente com um telão e sistema de áudio. A torcida deve estar pronta para acompanhar os detalhes das partidas sem precisar se deslocar para longe do escritório.
Ambiente: Decore o local com bandeiras para trazer o clima de estádio.
Aperitivos: Invista em tradicionais comidinhas de boteco. Amendoim, salgadinho, hot dogs e até mesmo o famoso lanche de pernil são opções.
Campanha interna: Desenvolva ações especiais para convidar os profissionais a ficarem na empresa, como prêmios, dinâmicas, entre outros.
Palestras: é possível fazer uma reflexão a partir do jogo assistido, relacionando com o trabalho em equipe que cada área desenvolve. Considere chamar um palestrante ou um coaching para ter campanhas em cima disso.
Campanhas Corporativas: Criar dinâmicas, e programas que atendam as pessoas que não gostam de futebol, exemplo vídeos com conteúdos interativos.