Levantamento aponta que lojas virtuais ainda maquiam preços em datas comemorativas

Publicado em 03.09.2014 no veículo Portal E-Commerce News.

Preços falsos

Período aguardado por uma grande parcela dos e-consumidores, as datas comemorativas podem não ser tão vantajosas para a compra de produtos no comércio online. Segundo um levantamento produzido pela Precifica, empresa brasileira especializada em precificação, o último Dia dos Pais trouxe várias promoções e descontos falsos.

De acordo com o relatório, que monitorou lojas virtuais entre 28 de julho e 7 de agosto, a promoção de um modelo de perfume importado consistiu em ampliar o preço na semana que antecede a data, para depois baixá-lo ao preço original: “Esse perfume era vendido a R$ 210,00 antes da semana do Dia dos Pais. No dia 28 de julho recebeu um aumento para R$ 230,00; baixou a R$ 220,00 no dia 30 de julho e, após o Dia dos Pais já era comercializado a R$ 210,00 novamente”, comenta Ricardo Ramos, CEO da Precifica.

Outro falso benefício plotado pelo mapeamento da Precifica concerne a descontos ilusórios, criados especialmente para a data: “Shampoos importados, que já eram comercializados a R$ 64,90 antes do Dia dos Pais foram anunciados, exatamente pelo mesmo valor, com desconto de 30%. Contudo, o produto nunca chegou a custar, efetivamente, R$ 94,11, o que justificaria o desconto”, acrescenta Ramos.

Ao contrário dos segmentos citados, o comércio de smartphones apresentou descontos reais na data. Dois dos principais modelos do mercado, Samsung Galaxy S5 e iPhone 5S, tiveram queda nos preços de, respectivamente, R$ 2,4 mil para R$ 2 mil; e R$ 2,6 mil para R$ 2,5 mil, na semana de compra para o Dia dos Pais.

O executivo conclui alertando os e-consumidores a buscarem com maior cuidado nas próximas ocasiões: “É importantíssimo confiar no e-commerce que está efetuando a compra, de forma que o cliente consiga saber se aquele preço apresentado é o real”.