Como aumentar as vendas durante a Black Friday e Natal combinando a Precificação e o planejamento estratégico?

O varejo brasileiro já incorporou em seu calendário o tradicional norte-americano Black Friday – toda última sexta-feira de novembro. Nesta data os varejistas  baixam os preços dos produtos com objetivo de aproveitar ao máximo a data promocional, no entanto estratégias mal desenvolvidas podem comprometer  inclusive as vendas de Natal.

Porém, antes de pensar nessas sazonalidades, é de extrema importância que o lojista tenha em mente qual o intuito de cada uma, e a partir daí traçar planos, definir produtos e preços para conseguir rentabilizar ao máximo.

O Black Friday é uma data interessante, por exemplo, para equilibrar o estoque e alavancar a venda de itens que serão substituídos por versões atualizadas. Dessa forma, o e-commerce rentabiliza através do aumento na venda desses artigos  com a vantagem de reduzir custos de estocagem e recompor o fluxo de caixa.

Já no Natal as pessoas querem dar um bom presente, e o varejo deve aproveitar isso, desenvolvendo estratégias baseadas em vanguarda, apoiadas em três atributos: fator emocional, apelo de consumo e novidade de mercado.

Unindo esses dois pontos à precificação inteligente é possível monitorar a concorrência e reagir de forma dinâmica às oscilações na política de preço.

Seguindo esses passos, há grandes chances de ampliar margens e alcançar o sucesso em duas datas sazonais muito importantes para o faturamento.

*Luiz Pereira é COO da Precifica, primeira empresa do Brasil especializada em precificação inteligente – www.precifica.com.br.