Migrando investimento do Google para Marketplaces

Mesmo que um e-commerce possa contar com anúncios no Google AdWords, para a publicação de links patrocinados, há uma série de etapas técnicas que precisam ser implementadas posteriormente à divulgação.

Resumidamente, é necessário investir em boas técnicas de marketing e SEO (Search Engine Optmization) para a impulsionar a campanha publicitária e aumentar as taxas de conversão.

Logo, além do próprio investimento em links patrocinados, haverá também custos com os processos paralelos. Esse tipo de custo pode ser consideravelmente reduzido, principalmente para pequenos e-commerces, com a introdução de seus produtos nos Marketplaces. Afinal de contas, de acordo com dados do E-bit, eles são responsáveis por cerca de 30% de todas as vendas online feitas no Brasil.

Vantagens de um Marketplace para seu e-commerce

migrando investimento

Quem pretende focar em um mix de produtos ou mesmo num item em especial, pode contar com a reputação e a visibilidade do Marketplace, por exemplo.

Além de possibilitar que um grande número de clientes em potencial seja direcionado para sua loja online, os portais transmitem maior segurança para o público, pois são plataformas conhecidas e já renomadas.

O Marketplace também oferece recomendações de compra e dá respaldo aos seus compradores em eventuais imprevistos durante a compra e a entrega do produto, como por exemplo: ambientes de pagamento de seguros e proteção contra fraudes. Isso gera maior credibilidade a uma loja online inserida nesse sistema.

Cada plataforma opera com diferentes regras e porcentagens de participação nas vendas, em uma modalidade de divulgação de produtos. Por isso vale a pena estudar com cautela caso a caso.

Como já falamos acima, disponibilizar um produto em um Marketplace pode reduzir despesas com publicidade, já que a própria plataforma conta com suas ferramentas de divulgação, geralmente inclusos na modalidade de parceria firmada entre o portal e a loja virtual.

Outra economia é em relação com à tecnologia necessária para as transações entre o cliente final e um e-commerce. Os custos com criação e otimização do site de um produto, a produção e melhoria de layouts, e o gerenciamento de ferramentas de segurança também ficam aos cuidados do próprio Marketplace onde seus produtos serão disponibilizados.

Mas não se esqueça que investir em uma boa plataforma de e-commerce e num ERP nunca pode deixar de ser prioridade, independentemente das conveniências oferecidas pelos grandes Shoppings virtuais, afinal, você precisa estar preparado para receber os pedidos e conquistar boa reputação diante dos clientes deste canal.

marketplace_banner-conteudo_v2 (2)