Na telinha: como o monitoramento inteligente ajuda a ter destaque nas vendas por dispositivos móveis

Monitoramento Inteligênte

Um consumidor entra em uma loja física, tira suas dúvidas com o vendedor, vê cores e modelo de tênis e até experimenta. Mexe no celular por um ou dois minutos, agradece e vai embora. Nesse curto período de tempo, foi possível comparar os valores da loja física com o e-commerce e optar pela compra virtual.

Esse é um exemplo clássico de showrooming, quando o cliente utiliza o ambiente físico para testes e faz a aquisição online, que demonstra o tamanho da importância que a pequena tela do smartphone ganhou no varejo online.

A utilização do celular não se limita a casos de comparação de preços dentro da loja. Com o aparelho sempre à mão, a constante leitura de e-mail e navegação em redes sociais é cada vez mais comum. O usuário está em contato constante com apps de buscadores, lojas virtuais e marketplaces, que transbordam de informações e facilitam também a procura pelo melhor preço, tornando a compra virtual mais simples e rápida.

Por isso, as vendas realizadas por meio de dispositivos móveis já representam cerca de 10% dos pedidos feitos no e-commerce nacional. Os dados são do último levantamento Webshoppers, do e-bit.

Voltando ao caso do cliente que entrou na loja de tênis e comprou online, não é possível saber ao certo o que lhe fez decidir pela compra virtual. Preço mais barato? Cores diferentes? Formas de pagamento?

Não dá para entrar na cabeça do consumidor e entender o fator motivador, mas é fato que ele está cada dia mais “multicanal” ou seja, utilizando diferentes canais para adquirir seus produtos desejados.  Para o varejista, é importante ter presença em diferentes canais e manter estratégias diferenciadas para cada canal seja na loja física, televendas ou através do online. O importante é não perder venda e para isso, é fundamental ter um bom sortimento e produtos com preços competitivos. Neste cenário, passa a ser importante monitorar a concorrência e conseguir insights sobre as melhores oportunidades para subir ou baixar os preços dos seus produtos. Assim, os gestores de e-commerce conseguem captar a atenção do usuário da microtela como nos demais canais de venda e driblar a grande concorrência que vem se estabelecendo.

*Luiz Pereira é COO da Precifica, primeira empresa do Brasil especializada em precificação inteligente – www.precifica.com.br.