Mais da metade dos brasileiros compara preços pelo celular, segundo Global Total Retail Survey 2016

brasileiros compara preços pelo celular

O estudo Global Total Retail Survey 2016, recentemente divulgado pela PwC, trouxe dados muito importantes sobre o comportamento dos consumidores online em todo o mundo, incluindo números do e-commerce brasileiro.

De acordo com a pesquisa, cerca de 51% dos brasileiros usam os smartphones como principal dispositivo para pesquisa de preços antes de efetuar suas compras. Esse é um número muito expressivo, levando em consideração que mais de 81 milhões de pessoas com mais de 10 anos de idade acessam a internet por meio de celulares em todo Brasil, segundo o CGI.br (Comitê Gestor da Internet no Brasil).

Além disso, o Global Total Retail Survey 2016 reafirma que o fator decisivo para o comprador online no Brasil ainda é o preço do produto. Para 59% dos entrevistados, a compra é feita no varejista preferido por causa dos bons preços. A sexta edição da pesquisa global foi realizada pela quinta vez com consumidores brasileiros. Ao todo, foram ouvidas 22.618 pessoas em 25 países.

A importâncias da formação do preço para um e-commerce

Não é só o brasileiro que usa a internet buscando economia em suas compras. De acordo com o estudo, o preço é um fator decisivo para 60% dos consumidores de todo o mundo.

A sensibilidade ao preço automaticamente impulsiona pesquisas por um mesmo produto comercializado em diferentes lojas virtuais. O consumidor busca na internet a melhor forma de comprar gastando menos e com mais comodidade.

É exatamente por estas razões que quem consegue acompanhar ou se destacar da concorrência é o e-commerce escolhido para a compra se a reputação e a marca estiverem bem representadas na web.

Por isso, quem traça estratégias de monitoramento de mercado, utilizando ferramentas de precificação, pode ter mais chances de ter destaque nas buscas e conseguir novos clientes, além de fidelizar os compradores antigos.

Principalmente em tempos de crise, em que cada real importa para a maioria dos consumidores, todos os esforços para uma formação de preço assertiva e competitiva são importantes para garantir as receitas do varejo online.