Erros comuns na estratégia de precificação

Atribuir um valor, seja para um produto ou serviço, depende de diversos fatores e pode ser determinante na forma de ser percebido pelo público e no sucesso do negócio. É preciso conhecer os custos de produção, distribuição, impostos, embalagem, design, etc. Por isso, contar com estratégias de precificação é um requisito básico e essencial para empresas que buscam um posicionamento sólido dentro do mercado em que atuam.

Vender mais barato ou vender mais caro?

Imagine o seguinte procedimento: matéria-prima extraída, deslocamento até a indústria, processamento, empacotamento, entrega no ponto de venda, exposição, venda para o consumidor. Até chegar à última etapa o produto passou por vários momentos anteriores à compra. No entanto, depois desse longo processo fica a dúvida: quanto devo cobrar pelo meu produto?

Antes de responder a essa pergunta é preciso analisar bem o segmento e estudar o valor praticado pelos concorrentes. O preço para o negócio deve ser cuidadosamente estipulado, uma vez que impactará na percepção do público consumidor.

Atribuir um baixo valor em comparação aos outros concorrentes, por exemplo, pode conferir a seu produto uma aparência de pouca qualidade. Mais pessoas terão poder de compra reverberando de forma positiva ou negativa a sua satisfação. Por isso, a percepção final do público dependerá de elementos como a tradição da empresa no mercado e da avaliação do desempenho do produto.

Em contrapartida, trabalhar um preço acima do praticado traz, inevitavelmente, a sensação de um produto de melhor performance, endereçado a um público mais seletivo. Contudo, o preço elevado terá que corresponder a uma maior expectativa por parte do cliente, além de se restringir a um menor target.

Seja para cobrar mais caro ou barato, o ideal é que a organização tenha um valor alinhado à sua proposta de negócio e ao público-alvo, buscando um preço compatível com o produto ou serviço oferecido.

Tempo é dinheiro

Para auxiliar nesta busca pelo preço, surgem ferramentas como a precificação inteligente. Com esta plataforma é possível acompanhar e fazer um comparativo com todos os concorrentes, reajustando o preço dos produtos conforme o plano de receita estabelecido pela empresa. Ao contar com esse recurso estará sempre atualizado com o setor, garantindo tempo e dinheiro.

A precificação inteligente é um diferencial indispensável para quem quer se manter em vantagem competitiva. Em um mercado cada vez mais acirrado, para se destacar é preciso investir em novas estratégias e elementos que dão agilidade ao processo e ainda contribuem na geração de lucro.