Precificação para pequenos e-commerces

Cada vez mais, as pequenas lojas virtuais tomam conta do mercado eletrônico. Muitas delas começam a dar seus primeiros passos dentro de sites colaborativos, enquanto outras já iniciam suas atividades com um site próprio. Seja de uma forma ou de outra, uma das partes mais cruciais da estratégia para qualquer e-commerce é o preço a ser aplicado nos produtos.

O princípio da precificação funciona basicamente da mesma forma para todos os tamanhos de lojas virtuais, ou seja, o desafio é manter os valores competitivos e ter uma boa margem de lucro. Especificamente no caso dos e-commerces menores, algumas dicas devem ser observadas, facilitando todo o processo e permitindo que eles consigam se manter e crescer sem maiores imprevistos em relação aos preços praticados.

Como precificar em lojas virtuais de pequeno porte

Valor agregado: criatividade, originalidade, exclusividade, e, principalmente, qualidade, são quesitos que agregam mais valor ao seu produto final. Quanto melhor é o item que você oferece, maior pode ser o preço final, e uma mesma camiseta com uma mesma estampa mas, com tecido e acabamento de qualidades diferentes pode ter uma variação de valores, o que é normal.

Precificação inteligente: ferramentas de precificação inteligente são eficazes não apenas para monitorar a concorrência, mas também para ajudar com que você e sua loja virtual se mantenham ligados nas oportunidades repentinas de negócio, que nem sempre são aproveitadas em tempo hábil quando o monitoramento é feito manualmente. Por outro lado, o monitoramento “manual” também é muito importante, pois proporciona ao lojista uma visão mais ampla e aprofundada de como são definidos e aplicados os valores dos produtos de seu segmento. Com o ajuste automático feito pelas ferramentas de precificação, você sempre mantém sua loja entre os melhores preços oferecidos e não perde vendas por conta de valores desajustados ou em desvantagem competitiva.