Saiba como aplicar precificação inteligente em seu e-commerce e se destacar no Dia das Crianças

Com o Dia das Crianças chegando o e-commerce brasileiro espera receber 5 milhões de pedidos e faturar R$ 1,6 bilhão, segundo dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm).

A concorrência no período de compras para as crianças, que vai de 29 de setembro até 11 de outubro, aumenta exponencialmente. Por isso, para se destacar frente à concorrência é preciso focar em estratégias de preço e marketing. Uma das formas de sair na frente é aproveitar os benefícios que a solução de precificação inteligente possibilita, colocando os produtos mais procurados em vantagem em relação às outras lojas virtuais.

Confira dicas de como utilizar a tecnologia de precificação dinâmica no Dia das Crianças:

Selecione o catálogo: É preciso definir quais produtos do estoque possuem mais aderência para a data. A escolha depende de cada segmento – um e-commerce voltado para moda pode investir em ações com roupas infantis. No caso de lojas de departamentos, o segmento de games é uma boa pedida. Promoções de brinquedos não podem faltar.

Identifique seus concorrentes: Não queime preços à toa. Realize uma análise de sortimentos para descobrir quais lojas virtuais são de fato concorrentes, mesmo que apenas nesta ocasião. A partir daí, fica mais fácil balizar estratégias de preços para se destacar.

Trabalhe o público: O Dia das Crianças traz uma particularidade bem diferente das outras sazonalidades. Quem compra (avós, tios, amigos, até mesmo os pais) podem não fazer a menor ideia do que a criança quer. Por isso, o e-commerce deve aproveitar esta dúvida e atuar com os principais objetos de desejo da criançada, guiando produtos para um acerto na escolha.

Período e estratégia: Primeiro, determine as datas que englobam as ações da sazonalidade. Depois, defina estratégias de precificação dinâmica, levando em consideração as seguintes variáveis: estoque, margem mínima e preço praticados pela concorrência. O objetivo da precificação dinâmica é garantir que os produtos tenham uma posição de melhor preço sem abrir mão da rentabilidade.